sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Alimente-se Bem!

Boa tarde galera! Agente come, treina, reclama do corpo. Mas será que estamos sabendo como nos alimentar corretamente?

Seu organismo trabalha 24 horas por dia e necessita de combustível para se manter funcionando. Esse combustível nada mais é do que boa parte dos alimentos que você come. 


Durante milhares de anos o homem evoluiu buscando seu alimento através da caça, pesca, fogo, entre outros artifícios, que lhe permitiram prolongar sua vida com mais saúde.


Nesses milhares de anos uma função do organismo foi extremamente ajustada para o que nossos antepassados viviam na antiguidade: a função de reservar “alimento” no organismo. Esses ajustes metabólicos foram feitos durante muitos anos e hoje, após as revoluções industriais (há cerca de 200 anos, o que não significa quase nada em termos de evolução), virou uma arma contra toda essa oferta de alimento que se tem pelo mundo, mais conhecida como obesidade.

Alimentação Saudável, Melhorando Hábitos e Dicas Para Emagrecer comer devagar apreciando os alimentos
Ainda carregamos a carga genética de nossos antepassados, porém, temos comida na hora que queremos. Não precisamos mais caçar, pescar, correr e gastar energia. Basta pegar o carro, ligar o ar condicionado, andar poucos quilômetros e fazer compras. Viu só como estamos na contra-mão da evolução?
Gastamos menos energia e comemos mais. Isso não faz sentido pro nosso código genético, que tanto se adaptou para aquela vida de dificuldades. Por isso, vemos tantas doenças do metabolismo, como o diabetes, hipertensão, cardiopatias, entre outras, acometerem diversas pessoas.

Contudo, para evitá-las, basta seguir uma alimentação regrada. O que é isso? Significa comer adequadamente em horários certos. Ou seja, não deixe seu organismo muito tempo sem receber comida. Tente ingerí-las de 3 em 3 horas. Evite ao máximo alimentos ricos em gorduras saturadas, como frituras. Prefira carnes assadas ou refogadas. Quando fritar, use pouco óleo de soja. Faça um generoso prato de salada no almoço e jantar, com verduras e legumes temperados com azeite e limão. Coma pães integrais feitos em casa, iogurtes, leite e ovos, tudo com cautela. Tome água e coma frutas durante o dia. Saiba que você deve comer de tudo, porém, em quantidades adequadas para seu metabolismo.


Se você tem dúvidas do quanto seu organismo precisa, procure um nutricionista. Este profissional te auxiliará no processo de emagrecimento, ganho de massa magra, educação nutricional ou qualquer que seja seu objetivo que envolva a alimentação ou nos envie um email, duvidas@sosuplementos.com.br.

Fique em dia com sua saúde!

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Diminua as dores musculares após o treino. Saiba como!

Boa tarde galera! Quem aí após o treino fica com aquelas dores musculares?
Confira algumas dicas de amenizar essas dores sem cauzar catabolismo e ficar mais #pracima!


Tratamento com gelo e massagem após os treinos pode ajudar diminuir incômodos musculares
 
Por Prof. Dr. Newton Nunes
www.areadetreino.com.br

A área de treinamento físico para corrida vem crescendo muito nos últimos anos e, certamente, os avanços nos métodos de recuperação após o treinamento físico são de fundamental importância para o corredor. Neste sentido, o benefício mais perseguido da crioetrapia é o efeito analgésico (redutor da dor) que ela propicia, de forma localizada, sem a utilização de agentes farmacológicos.


As modificações extremas de temperatura afetam a condução nervosa que emite o estímulo de dor. Para resultados ótimos, a crioterapia deve ser feita imediatamente após o treinamento ou em até 2 horas depois do encerramento das atividades, por um período de 15 a 20 minutos, dependendo da profundidade do tecido a ser alcançado.

No caso de um microtrauma, a utilização de banhos de contraste (alternância entre o calor e o frio) para facilitar a resposta é recomendada. A exposição inicial, porém, deve ser com a utilização do frio, posteriormente, você pode empregar os banhos de contraste por uma ou duas horas após o tratamento inicial com gelo.

As melhores áreas para a crioterapia são as que requerem maior tempo para sua recuperação, como os músculos mais fracos, músculos com predominância de fibras de contração rápida e as unidades tendinosas.

É muito importante tomar cuidado com a utilização direta do gelo na pele. O tempo necessário para alcançar o efeito desejado é, geralmente, a metade em relação a outras técnicas crioterápicas. A profundidade de penetração, no entanto, é limitada pela tolerância da pele ao frio.

As técnicas para aplicação do gelo incluem massagens utilizando copos com gelo, pacotes com substâncias geladas, sacos com gelo picado colocados ao redor do membro lesionado e a utilização de banheiras com redemoinho de água gelada.



Massagem pré e pós-treino


Saiba como esta técnica pode ser útil tanto antes quanto depois da prática esportiva.









 


Os efeitos mecânicos da massagem na corrente sanguínea promovem a remoção dos subprodutos metabólicos e a entrada de sangue renovado na área em que a massagem foi aplicada. Em síntese, a massagem pode ser utilizada como uma técnica no auxílio da preparação ao treinamento e também na promoção da recuperação. Massagem é a manipulação sistemática dos tecidos moles do corpo. Auxilia a remoção de resíduos metabólicos tóxicos produzidos na liberação de energia e fluidos resultantes de danos estruturais no tecido musucular. A massagem tem sido utilizada há séculos – muito antes do advento da medicina – utilizando manobras específicas (manuais, mecânicas ou elétricas) com fins terapêuticos. Pode ser localizada, visando uma determinada área, ou terapêutica, em que o relaxamento é o objetivo principal. A massagem pode ser de dois tipos: superficial ou profunda, dependendo da proximidade dos músculos em relação à pele ou aos ossos.

Um atleta pode receber massagem por 15 a 20 minutos antes do treinamento físico, por 8 a 10 minutos após tomar banho e no final da sessão de treinamento, por 20 a 30 minutos. O papel da massagem para a preparação ou a recuperação de um exercício tem sido muito bem documentado. Ela pode afetar positivamente o humor do atleta pela redução da tensão, raiva, fadiga, depressão, ansiedade e da confusão.

Se os músculos estão relaxados, pressionar o ventre dos músculos com pressão mecânica simples auxilia a esvaziar as veias na direção da aplicação da pressão. Isso resulta em abertura superior a 35% dos pequenos capilares (vasos) – em repouso, 4% dos capilares estão abertos. O resultado é a elevação da disponibilidade de sangue renovado na área massageada, tornando possível um maior intercâmbio de substâncias entre os capilares e o tecido celular.


 

www.areadetreino.com.br
Professor pelo Instituto do Coração de SP desde 1994. 

Especialista em Reabilitação Cardiovascular pelo InCor. 
Mestrado e Doutorado em Educação Física na USP.

BCAA – O que é, quais seus efeitos e como tomar?



E aí, galera? Quem aí não está perdendo tempo e está cuidando muito bem do corpo?

Se você é uma das pessoas, leia o texto abaixo com mais informações para você tornar-se um expert em suplementos, como um bom marombeiro deve ser!


O tema é BCAA, mas caso você tenha dúvidas ou queira sugerir um outro assunto, comente em nosso blog.


O
BCAA é uma fórmula de Aminoácidos de cadeia ramificada (“Branched Chain Amino Acids”). Ele tem em sua composição três dos principais aminoácidos que fazem a reconstrução dos músculos: Isoleucina, Leucina e Valina.


Benefícios do BCAA

Esses três aminoácidos, além de reconstruírem o músculo, auxiliam para uma melhor performance na hora dos treinos, dando mais força e resistência.

Ele é fonte de energia nas situações de comprometimento de glicogênio muscular, tornando-se assim um importante aliado nos momentos de estresse muscular ou exercício intenso.




Como usar o BCAA?

O modo de usá-lo é variável, de acordo com a dose do fabricante, podendo ser divido metade da dose antes e metade da dose pós treino. Por exemplo, 4-8 gramas antes de exercícios intensos e 4-8 gramas de BCAA depois, otimizando assim seus resultados e desempenho.

Quer o seu BCAA? Confira:

·
BCAA Dymatize;
·
BCAA Optimun;
·
BCAA Nutratec;

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Oque é Whey Protein Isolado (WPI)?


Vocês conhecem o Whey Protein Isolado?

Whey Protein Isolado é a forma molecular mais nobre do Whey Protein (proteína do soro do leite), pois possui uma elevada concentração em proteínas (mais que 90%), 0% em carboidratos e baixíssimas concentrações em lipídios.
Fornece proteínas de alta qualidade nutricional, que são importantes para o processo de hipertrofia (ganho de massa muscular) e recuperação muscular.


Whey Protein: como usar? 





De uma forma geral, este suplemento é consumido pelos praticantes de musculação que visam ganho de massa muscular. Nesse caso, o primordial é consumir o WPI imediatamente após o treino. Esta proteína também pode ser consumida nos intervalos das refeições.




A forma de uso varia conforme as necessidades de cada um. Deve-se levar em consideração a alimentação, peso corporal e o tipo de treino.

Experimente utilizá-lo após o treino junto com a Maltodextrina e avalie os resultados, com certeza serão ótimos! 


Gostaram das dicas? Quem aí usa o Whey Protein Isolado?

NO PAIN, NO GAIN!

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Suplementos: o que são e para que servem?



Tudo bem, galera?

Estou aqui novamente para falar de um assunto crucial: Afinal, para que servem os suplementos?

A suplementação hoje é peça chave para uma boa performance em treinos. Eles são indicados para atletas que buscam otimizar seus resultados, mas essa não é sua única utilidade.

Pessoas que buscam uma qualidade de vida melhor também podem fazer uso do produto. Os resultados variam de acordo com as atividades ou com os objetivos da pessoa/atleta.

Os suplementos alimentares são muito usados por praticantes de atividades físicas que desejam maior qualidade em seus treinos, com mais força, para retardar a fadiga e ganhar volume de massa.

Existem também suplementos que ajudam a queimar gordura, acelerando o metabolismo e proporcionando um corpo mais definido, além de outros que atuam na saúde em geral.
 
Suplementos Alimentares – para cada categoria
Pré Treino:

· Assault
· Arnold 3D
Queimadores:

· Lipo 6
· Thermo Fire
· Ripp Probiótica

O que achou do texto? Conte para nós quais suplementos você costuma usar! E qualquer dúvida, escreva para mim!

Dicas de treino para os glúteos

Olá galera!

Acredito que este post vai atrais muitas mulheres que tem como um dos seus objetivos, treinar para ter o bumbum que sempre sonharam!

Confiram então as dicas do instrutor da academia Millennium de como executar exercícios de glúteo.

#pracima

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Como tomar Creatina? Entenda de modo fácil e rápido!



Olá, pessoal!

Hoje o tema é creatina, um dos suplementos mais utilizados e cientificamente testado no mundo. Quer entender mais sobre ela? Então vem com a gente! 


O que é Creatina?

A creatina é considerada um suplemento ergogênico, ou seja, que auxilia no desempenho do seu treino, aumentando aforça e a potê
ncia muscular. Além disso, ela contribui para o aumento de massa muscular. Esses fatores auxiliam de forma significativa na sua hipertrofia. 

Ela usualmente é consumida pelos praticantes de musculação, halterofilismo e fisiculturismo, mas ela pode trazer benefícios também para os esportes que envolvem potência como corridas curtas (tiros) e futebol (momento de sprint).


Como consumir?

Há várias formas de se consumir a creatina.

A mais comum é fazer 1 semana de saturação consumindo 20g de creatina ao dia, divididos em 4 horários (exemplo 5g no café da manha, 5g no almoço, 5g no café da tarde e 5g no jantar). Após esse período reduz-se o consumo para 5g ao dia em um único horário. Esse horário de consumo fica a critério do consumidor, podendo ser antes ou após o treino, ou ate mesmo no horário do almoço.

O recomendado é que a creatina sempre seja consumida junto com uma fonte de carboidratos (maltodextrina, pão, arroz, suco de frutas natural….) uma vez que eles auxiliam na captação de creatina pelo músculo.

A suplementação de creatina deve ser feita diariamente, inclusive nos finais de semana, para que suas reservas musculares de creatina estejam sempre altas na hora do seu treino.

Recomenda-se que após 3 meses de suplementação, seja feita uma pausa desse suplemento por pelo menos 1 mês. Vale lembrar que o consumo de uma creatina de alta qualidade e pureza (livre de contaminantes) na quantidade certa não provoca danos renais e hepáticos.
Onde comprar Creatina?

Algumas creatinas para você escolher qual você quer tomar:

· Creatina Createc - Nutratec

Gostou das dicas? Poste seu ponto de vista sobre o assunto nos comentários logo abaixo!